Alguns probleminhas com o Ubuntu 14.04

Não me entendam mal, o Ubuntu 14.04 é muito bom… Estou gostando muito do bicho. Mas tive alguns problemas (ainda não totalmente solucionados).

Para tentar solucionar esses problemas (não vem ao caso quais são, por enquanto) tive que passar a usar o driver de vídeo nouveau, que é uma bosta… Ao retornar aos drivers da NVIDIA o infeliz do nouveau continuou entrando antes do driver selecionado… Não conseguia mais usar OpenGL 4.3, por exemplo… A solução? Colocar os drivers do nouveau (em negrito, de novo, porque acho esse nome engraçado!) na lista negra dos módulos do kernel. Isso é bem simples:

$ sudo cat /etc/modprobe.d/nvidia-graphics-drivers.conf
# file was installed by nvidia-current-updates
# Do not edit this file manually

blacklist nouveau
blacklist lbm-nouveau
blacklist nvidia-173
blacklist nvidia-96
blacklist nvidia-current
blacklist nvidia-173-updates
blacklist nvidia-96-updates
alias nvidia nvidia_current_updates
alias nouveau off
alias lbm-nouveau off

$ sudo update-initramfs -u

Depois disso meus problemas acabaram…

Fica a dica…

Anúncios

3 comentários sobre “Alguns probleminhas com o Ubuntu 14.04

    1. Eu evito, ao máximo, o uso de repositórios “externos”.
      O único repositório externo que eu usava (e não uso mais, já que a versão mais atualizada está nos oficiais) era o do ffmpeg.

      1. marz@pistache:~/Desktop$ cat /etc/apt/sources.list
        deb http://ftp.us.debian.org/debian/ stable main non-free contrib
        deb-src http://ftp.us.debian.org/debian/ stable main non-free contrib

        deb http://security.debian.org/ stable/updates main contrib non-free
        deb-src http://security.debian.org/ stable/updates main contrib non-free

        # stable-updates, previously known as ‘volatile’
        deb http://ftp.us.debian.org/debian/ stable-updates main contrib non-free
        deb-src http://ftp.us.debian.org/debian/ stable-updates main contrib non-free

        # stable-multimedia, non-official
        deb http://www.deb-multimedia.org stable main non-free

        marz@pistache:~/Desktop$ lsmod | sort | grep nvidia
        i2c_core 23876 3 i2c_i801,videodev,nvidia
        nvidia 11264793 46

        marz@pistache:~/Desktop$ lspci | grep -E “VGA|3D”
        01:00.0 VGA compatible controller: NVIDIA Corporation G86 [GeForce 8400M GS] (rev a1)

        Acho que eu também não!

        O repositório externo que uso é “uma distro” antiga num server que instalei em 2010: “um tal” de ubuntu! (rsrsrsrsr)

        Quando instalei, foi a que melhor adaptou-se ao hardware dell – que na época chegou a começar a distribuir o ubuntu “out-of-box” e por isto era fácil achar os drivers. No debian, precisaria compilar kernel e – sinceramente – não tenho mais paciência (e competência) para ficar reparando servidor até altas horas para tê-lo pronto na segunda de manhã.

        Assim que vencer o lts, no ano que vem, vou colocar um debian lá também. Fiz isto há duas semanas com um hardware novo e estou muito satisfeito com o resultado, trata-se do meu novo server de bakcup (longan). Antes ele rodava num velho notebook acer 3100 que abriu o bico (rodou por 4 anos com o ubuntu lucid lts sem me dar nenhuma dor de cabeça).

        Apropos, no passado eu usei o noveau por um bom tempo pois a cada versão de kernel nova, tinha que recompilar o kernel para incorporar os drivers. Eu ficava sempre frustrado pois a qualidade de imagem na tela ficava muito “feia”, as fontes não apareciam “lisinhas” e os meus testes com o aqueles desktops “rotativos” não rodavam bem. Toda a sorte de chatices. O lado positivo é que aprendi bastante sobre X server, testei quase todos os desktops e windows managers, aprendi a usar dual head, multi-ambientes, sem falar na experiência adquirida com estes puzzles.

        Era duro, ter uma 8400 e usar com as resoluções padrão e tela única, pois as resoluções dual não “casavam”. Dai eu quebrava a cabeça para compilar e quando parecia bem – uns dois meses depois – saía um novo kernel e lá ia eu atrás de soluções.

        O pior é que eu tinha que ir parar num windows qualquer para resolver pepinos do escritório pois a minha tela preta não dava conta, entre outros – de aplicativos da receita federal, caixa, sefaz.

        Sombras, fantasmas, imagens duplas, travamentos… Tudo isto parava quando eu instalava o driver da nvidia.

        Sem falar na frustração que era saber que tinha uma boa placa de vídeo e ter que usá-la no modo standard.

        Mas o sol brilhava de novo quando o “olho verde” aparecia na tela depois de um reboot. ;-)

        A minha placa foi ficando antiga e placas antigas são uma benção para o debian, afinal ele é estável e não gosta de “novidades”.

        Acho que foi em 2012 que eles eliminaram tudo que era coisa proprietária – firmwares, logos, drivers – e arranjaram o non-free e non-official para acomodar os que precisam de seus computadores para usar como desktop. Sem estes “extras” fica muito chato usar o debian. Tenho algumas dores de cabeça hoje com os drivers de som. Os ajustes são toscos e quando se espeta um headphone logitech e depois se retira, começa a pipocar mensagens. Não me incomodo muito pois, saindo som pra mim tá bom.. Não invisto tempo em ficar ajustando. Alsamixer e fim!

        A solução alternativa sempre foi usar o ubuntu ou knoppix e mais recentemente o mint que não são puristas com relação ao software proprietário.

        Eu não sou purista quanto ao software proprietário, mas sou com relação ao linux. Acho que o debian deve ser usado como debian e os forks e distros baseadas sempre o escolhem por ser estável.

        Hoje, eu consigo usar decentemente o debian estável, mas foi muito tempo amargando a testing e a sid – que conforme diz a “story” – sempre quebra seus brinquedos.

        Keep “debianing”!

        {}’s
        MaRZ

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s