Teimosia…

Tem gente teimosa que insiste em fazer as coisas da forma errada… Neste artigo eu informei a meus leitores, explicitamente, que a string que deve ser passada para a função setlocale segue os padrões ISO 639 e ISO 3166. Alguns acreditam que isso só vale para ambientes Unix e que no Windows a coisa é “mais fácil”… A insistência, é claro, é pela passagem de strings como “Portuguese” ou “Portugues”, como em:

// Isto está ERRADO!!!
setlocale(LC_ALL, "Portuguese");

A função setlocale(), como descrita na MSDN Library (aqui), diz claramente: “The set of locale names supported by setlocale are described in Locale Names, Languages, and Country/Region Strings.” e o tópico em questão nos diz: “The locale name form—for example, en-US for English (United States) or bs-Cyrl-BA for Bosnian (Cyrillic, Bosnia and Herzegovina)—is preferred“.

Mais um exemplo para comprovar que, mesmo o Windows, usa o padrão para locale, é usar uma função da Win32 API para obter o locale padrão do sistema:

#include <stdio.h>
#include <wchar.h>
#include <windows.h>

void main(void)
{
  wchar_t locale[LOCALE_NAME_MAX_LENGTH+1];

  // Usando Win32 API para obter o locale padrão!
  // GetSystemDefaultLocaleName() exige um ponteiro
  // para wide string.
  GetSystemDefaultLocaleName(locale, 
                             LOCALE_NAME_MAX_LENGTH);
  wprintf(L"%ls\n", locale);
}

Ao compilar e executar o programinha acima, usando o MinGW64, obtemos:

$ x86_64-w64-mingw32-gcc -O2 -o locale.exe locale.c
locales.c: In function ‘main’:
locales.c:8:3: warning: implicit declaration of function ‘GetSystemDefaultLocaleName’ [-Wimplicit-function-declaration]
   GetSystemDefaultLocaleName(locale, LOCALE_NAME_MAX_LENGTH);
   ^
... Copiando o locale.exe para o Windows e executando:
C:\Work> locale
pt_BR

Yep… tem esse aviso ai (provavelmente estou esquecendo de definir algum símbolo para compilar código para versão do Windows superior ao Vista), mas o linker não reclamou, então ele conseguiu resolver a referência corretamente…

Note que a própria Win32 API prefere o padrão ISO!